Greve de professores e rodoviários interdita mais uma vez a Avenida Fab nesta quarta-feira

0

Mais uma vez trechos importantes da Avenida Fab, no Centro amanheceram interditados por movimentos grevistas em Macapá. Nesta quarta-feira, 27, as manifestações aconteceram simultaneamente envolvendo profissionais da educação municipal, e motoristas e cobradores de ônibus de Macapá.

As duas categorias, embora distintas brigam por melhorias estruturais e salariais. Os motoristas e cobradores de ônibus conseguiram reduzir em 50% a frota de ônibus na capital nesta quarta-feira.

A greve dos profissionais da educação foi deflagrada nesta terça-feira, 26. Os grevistas prometem continuar com a paralisação caso não haja nenhum tipo de acordo entre a Prefeitura de Macapá e os grevistas.

Os motoristas e cobradores de ônibus exigem reajuste de 6% nos salários, cesta básica de R$ 550, jornada de 7 horas e auxilio saúde de R$ 30 mil para a categoria. A informação é do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Amapá (Sincotrap).

O presidente do Sincotrap Max Dales ressalta que a greve é o único meio legal que a categoria dispõe para reivindicar os direitos dos motoristas de ônibus e cobradores que atuam na capital.

Comentários
Carregando...