Procon fiscaliza postos que insistem em vender o diesel sem o desconto de R$ 0,46

0

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) no Amapá têm recebido uma série de denúncias contra postos de combustíveis de Macapá e Santana que não estão praticando o desconto de R$ 0,46 no preço do diesel, anunciado pelo governo federal.

Procon fiscaliza postos que insistem em vender o  diesel sem o desconto de R$ 0,46

Os fiscais do Procon pedem aos consumidores que ajudem a instituição identificando os postos de combustíveis que insistem com os abusos na hora de vender o diesel. Relatos de consumidores dão conta de que alguns postos vendem o combustível com apenas R$ 0,30 de desconto.

A redução no preço do produto ocorreu após a pressão provocada pela greve dos caminhoneiros. Em acordo, o governo federal aceitou reduzir o preço do diesel em R$ 0,46 por 60 dias, a partir de 1º de junho.

Os consumidores dizem que na prática alguns donos de postos chegaram a reduzir o preço do diesel, mas na semana seguinte o preço foi reajustado.

Procon fiscaliza postos que insistem em vender o  diesel sem o desconto de R$ 0,46

O Sindicato dos Revendedores de Biocombustíveis do Amapá (Sindipostos) informou que não tem conhecimento sobre abusos de preços praticados nos postos de combustíveis do Estado.

Comentários
Carregando...